domingo, 1 de fevereiro de 2009

Mais

Travessia da Galinha segundo os espíritas

Lembra daquela velha piada que percorria e-mails de todo o país alguns anos atrás, sobre os motivos que teriam levado a galinha a atravessar a rua...? Pois bem, tivemos hoje uma súbita inspiração baseada nela. Só que agora quem vai responder à questão não serão os grandes nomes do presente e do passado. A pergunta é feita a diferentes tipos de espíritas que existem por aí afora. Você certamente conhece alguns deles. Se freqüenta os fóruns virtuais, deve conhecer a maior parte. Gostemos ou não, eles existem. E se não dá pra evitar o fato, vamos pelo menos nos divertir com ele...

Por que a galinha atravessou a rua?

Ortodoxo: Pra começar, o termo "galinha" nem existe na Codificação! Então isso não tem nada a ver com o Espiritismo. Seja lá o que for, não deve passar de invenção do MEB, sem o aval do CUEE, mas divulgada pelo CX em nome do JC...

Místico Comum: Meu irmão, não se preocupe com questões mundanas. Essa informação certamente não vai ajudar na sua evolução... Faça a caridade, cuide da reforma íntima e busque sempre a luz!

Místico Místico: Olha, eu não sei... Mas ouvi uma vez lá no meu centro que as galinhas se sentem bem onde abundam energias deletérias e que tambem são animais obssessores... Então acho que ela devia estar procurando um motel!

Devoto de São Bezerra: Buscava a Luz emanada pela presença magnânima de Dr. Bezerra e sua falange de companheiros abnegados!

Ramatisiano: Por causa da verticalização do eixo da Terra! Depois que o planeta chupão deu uma trombada na Terra, o nosso orbe finalmente se endireitou, abrindo as portas para a Nova Era! E a galinha seguiu para sua jornada evolutiva...

Roustainguista: Para prosseguir em linha reta rumo à perfeição! Se ela tivesse procurado a passarela, teria desviado da rota! Seria a queda, a falência espiritual! Como seguiu reto, ainda pode se tornar um Cristo Planetário!

Ubaldista: Por ter se deixado guiar por Sua Voz. Foi uma travessia esplêndida, calmíssima, sem tempestade... De quebra, a galinha pôde compreender durante o trajeto o Princípio Único, o Monismo que rege a Grande Síntese do Universo!

7 comentários:

Marinho disse...

Pra bons entendedores meia canja vale! Huahuahauhauha!!!

Talma disse...

apesar de achar que a galinha atravessou a estrada pra provar que não existem "penas eternas" concordo com o Marinho...meia canja basta!

Chiz disse...

Olha, a ave da foto é um galo...
será que ele foi em busca da galinha?

Karmilza disse...

Ha ! ah ah ah srsrsr KKKKKKKKK ih ih ih ... Penas eternas e meia canja D + .

Anônimo disse...

Hahahaha! Esse galo não é besta e fooooiiiiii. A coisa tá feia e quem sabe do outro lado da rua...Paz pra todos.

Nilza Braga disse...

Será que só eu tenho pena da galinha? (terrível, essa...)
Paz para vocês, e para as galinhas também! :))

Ácmon disse...

HAUHASHUSUHUHSSH SENSACIONAL!